Artigos


Porque Arroz Integral?

04.02.2014

Texto produzido por Marlla Tinelli (nutricionista)

A princípio a grande diferença entre o arroz integral  e o arroz branco é a casca. Mas a natureza é sábia. Vamos entender o que essa casquinha realmente significa em termos de benefícios para a saúde.

O arroz em sua forma original é composto de casca, farelo, germe e grão. O termo integral vem de íntegro, que significa completo, absoluto. O arroz branco após o processo de polimento mantém apenas 70% do grão, que é basicamente carboidrato (amido).  O que isso significa? Nas partes perdidas no processo de polimento encontram-se os micronutrientes e as fibras, essenciais à própria digestibilidade do arroz, sem contar os demais benefícios que esse alimento pode trazer á saúde. Logo, processo de polimento confere ao arroz branco menor valor nutricional, reduzindo assim, os benefícios que o arroz pode trazer à saúde. Segundo estudo apresentado na International Diabetes Federation World Diabetes Conference 2013, comer arroz integral ao invés de arroz branco pode ajudar a prevenir e controlar o Diabetes Mellitus.

O arroz branco é um alimento considerado de alto índice glicêmico, ou seja, promove flutuações rápidas nas concentrações sanguíneas de glicose e insulina. Esta característica tem relação direta com a fome e a saciedade. O arroz integral apresenta uma quantidade maior de fibras, vitaminas, (vitamina A, D, E e C e complexo B, tais como: B1, B2 e B3) e minerais (ferro, zinco, silício, fósforo, potássio e magnésio) que lhe conferem propriedades únicas

A maior concentração de fibras presente na película do arroz integral estimula o sistema gastrointestinal e diminui a fome promovendo maior saciedade, reduzindo também absorção de carboidratos e gorduras.

Tais fibras melhora da constipação intestinal; controla a glicemia, e ainda atuar como substrato para as bactérias intestinais (flora intestinal) promovendo melhora do sistema imunológico, absorção e ativação de vitaminas e minerais, modulação hormonal entre outros.

O arroz integral também ganha destaque pelos teores de metionina, um aminoácido essencial que auxilia na redução do colesterol, afasta a fadiga crônica, evita a queda dos cabelos, hidrata pele e unhas, e atua como antidepressivo natural, já que a metionina é precursora do neurotransmissor serotonina.

De maneira geral, os benefícios dos alimentos integrais são muitos. E o arroz integral é uma ótima opção para quem quer controlar a ingestão alimentar e reduzir o peso.

O consumo regular do arroz integral traz muitos benefícios:

  • —  Diminui os problemas intestinais como a constipação;
  • —  Melhora o metabolismo da glicose, evitando e controlando a diabete;
  • —  Protege o sistema nervoso, devido à vitamina B1;
  • —  Melhora o metabolismo da contração muscular;
  • —  Atuam na redução dos níveis séricos de lipídios (gorduras).
  • —  É isento de glúten, portanto celíacos podem consumir.

O processo polimento do arroz, até que ele chegue a ficar branco altera a aparência, sabor e maciez. O arroz integral, que é o grão descascado não-polido, tem seus nutrientes preservados, tem sabor amendoado, textura fibrosa e requer um cozimento mais longo.

Para fazer o arroz integral, a única diferença é o tanto de água que você irá acrescentar a ele. Por causa da casca, o cozimento demora um pouco mais e demanda mais água do que o branco.

A dica é que você comece introduzindo aos poucos e vá aumentando gradativamente até seu paladar se acostumar.

Voltar